Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Arte rupestre no Guadiana está a atrair mais turistas a Elvas

As gravuras descobertas nas margens do rio Guadiana, em Elvas, que especialistas acreditam ser de arte rupestre, constituem um "novo ponto de interesse" que está a atrair mais visitantes, disse Nuno Mocinha, presidente do município.

"É um novo ponto de interesse, não só de especialistas, de pessoas que já de si têm uma apetência natural para este tipo de arte, mas também de curiosos e de pessoas que gostam de ver quando se fala de peças com mais de cinco mil anos", afirmou o autarca socialista.

Quando uma "notícia com este impacto" surge na opinião pública, segundo o autarca, "é natural" que "desperte" a curiosidade das pessoas, o que tem levado "muitos visitantes" a calcorrearem as margens do rio, junto à ponte da Ajuda, em busca dos achados, que estão a ser analisados pela Direcção Regional de Cultura do Alentejo.

Considerando a descoberta "inédita", Nuno Mocinha relatou que "há muitas pessoas" que visitam Elvas e questionam onde podem encontrar as gravuras nas margens do Guadiana.

As cinco gravuras, que vários especialistas e arqueólogos admitem ser da época pós-paleolítica, foram encontradas no início deste mês por um antigo militar espanhol, Joaquin Larios Cuello, na zona da ponte da Ajuda, no concelho de Elvas.

O historiador Luís Lobato de Faria, que tem acompanhado no terreno a descoberta, disse que as gravuras aparentam ter "milhares de anos” e lembram a forma de serpentes e de figuras humanas através de picotados em rochas.

Vinhos Adega Mayor premiados com medalhas de ouro na Alemanha

O Adega Mayor Reserva Tinto 2015, o Adega Mayor Touriga Nacional 2015, o Adega Mayor Reserva do Comendador Tinto 2014 e o Adega Mayor Grande Reserva Pai Chão 2014 foram os vinhos distinguidos com Medalha de Ouro nesta conceituada competição que decorreu na Alemanha (Berlim) e que segue as regras estritas da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho).

Avaliados por cerca de duas centenas de provadores internacionais, os quatro vinhos da Adega Mayor aprovados com distinção comprovam a consistência da qualidade da Adega Mayor e confirmam o que em Portugal se faz de Mayor.

"Esta importante conquista internacional premeia, além-fronteiras, a consistência do trabalho que temos vindo a desenvolver e a nossa aposta contínua na qualidade dos vinhos alentejanos produzidos em Campo Maior. Este reconhecimento reflecte o nosso compromisso com a missão de levar o nome de Portugal e o que de melhor se faz no Alentejo ao mundo", sublinha Rita Nabeiro, Directora-geral da Adega Mayor.

Poderá encontrar este e outros vinhos da Adega Mayor na loja online, e nas lojas da especialidade e nas lojas Delta Q.

ELVAS: GNR detém casa por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial de Portalegre da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Destacamento Territorial de Elvas, deteve na passada terça-feira, dia 20 de Fevereiro, em Campo Maior, um casal estrangeiro, com 63 e 65 anos, por tráfico de estupefacientes.

No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes que decorria há uma semana, foi realizada uma busca domiciliária que permitiu localizar uma estufa anexa à habitação, utilizada na produção de plantas de cannabis e munida com sistemas de irrigação, iluminação, aquecimento, ventilação e extracção, encontrando-se no seu interior 218 plantas de cannabis com uma altura média de 1,60 metros.

Durante a busca, foram apreendidas 218 plantas de cannabis, 144 doses de cannabis, duas caçadeiras, uma carabina calibre .22, 70 munições de diversos calibres, duas balanças de precisão, 400 euros em numerário e quatro telemóveis.

A operação contou com o apoio do Destacamento de Intervenção.
Faixa publicitária

AUTENTICAÇÃO


ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´