Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS: Circulação automóvel condicionada no Cento Histórico devido ao Festival Medieval

A Câmara Municipal de Elvas vai promover, entre 29 de Junho e o dia 1 de Julho, o Festival Medieval, certame que decorre na Praça da República, Rua da Cadeia e nas Portas do Sol. A montagem deste evento obriga a reduzir algumas zonas de circulação automóvel.

Neste sentido, algumas artérias vão estar condicionadas, para a montagem do evento:
- na Rua da Cadeia, do Museu de Arte Contemporânea até aos Cantos da Carreira, de 27 de Junho a 2 de Julho;
- no Largo das Portas do Sol, de 27 de Junho a 2 de Julho;
- nas Portas do Poente: circulação apenas para moradores com entrada e saída pela Rua da Fábrica, nos três dias do evento;
- na Praça da República: só é permitido o acesso ao Parque de Estacionamento subterrâneo e à Rua dos Sapateiros.

Neste espaço de tempo, entre 26 de Junho e 2 de Julho, até às 14.00 horas, a Praça de Táxis vai ficar localizada nas proximidades do Hotel São João de Deus.

Os veículos prioritários não estão abrangidos nas condicionantes acima referidas, com excepção da Rua da Cadeia.

A Câmara Municipal de Elvas pede a compreensão e a colaboração de todos para estas alterações, motivadas pela realização de um evento cultural de grande importância para a Cidade e que atrai muitos milhares de visitantes.

ELVAS: Joana Amaral Dias apresenta livro na Biblioteca

 
O livro "Sonhos Públicos: O imaginário colectivo em 100 filmes do século XXI" foi apresentado este sábado, dia 23 de Junho, pela autora Joana Amaral Dias.

A sessão, decorrida na Sala Públia Hortênsia de Castro da Biblioteca Municipal de Elvas Dra. Elsa Grilo contou com a participação de Ana Cristina Cachola, que deu a conhecer aos presentes a obra, e ainda do presidente da Câmara de Elvas, Nuno Mocinha.

O livro alerta para as grandes problemáticas da sociedade actual, tal como a morte, a violência, ou ainda o amor, analisadas através de filmes do século XXI. Incide ainda no consumismo e poder dos media nos dias de hoje.

Bandeira azul para embarcações de recreio atribuída a operador na praia fluvial de Monsaraz

A primeira bandeira azul para embarcações de recreio que operam no Grande Lago Alqueva a partir da praia fluvial de Monsaraz foi atribuída à NautiMonsaraz pela Associação Bandeira Azul da Europa.
 
Os proprietários de embarcações de recreio podem participar activamente na educação ambiental e no desenvolvimento sustentável das actividades náuticas hasteando a bandeira azul e comprometendo-se através do código de conduta do programa. Assim, os outros operadores da praia fluvial também poderão candidatar-se à bandeira azul.

Os proprietários de embarcações com bandeira azul comprometem-se a participar na preservação da qualidade ambiental e fazer com que as pessoas embarcadas respeitem os princípios do código de conduta ambiental. O documento refere, entre outros compromissos, que não pode ser lançado lixo nem outros resíduos no lago, utilizar receptáculos separadores destinados à reciclagem, proteger a fauna e a flora e respeitar as zonas naturais vulneráveis ou protegidas.

A praia de Monsaraz tem a bandeira azul, a bandeira de Praia Acessível por cumprir os requisitos de acesso para pessoas com mobilidade condicionada e a classificação de Praia Saudável por ter as devidas normas de segurança e de qualidade do ambiente. A frente de praia tem 150 metros de extensão e permite a sua utilização por mais de um milhar de banhistas em simultâneo.
Faixa publicitária

AUTENTICAÇÃO


ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´