Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

AVIS: Detido homem com mandado de detenção para pena de prisão

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve um homem sobre o qual pendia um mandado de detenção para cumprimento de pena de prisão, após o ter identificado juntamente com outro, em Avis, por suspeitas de furtos.

Segundo a GNR, os homens, de 24 e 29 anos, foram identificados na quarta-feira, dia 15 de Maio, durante uma acção de fiscalização rodoviária da GNR, que detectou no interior de um veículo várias ferramentas supostamente furtadas e que foram apreendidas como medida cautelar.

Após a identificação, militares da GNR verificaram que sobre o homem de 24 anos pendia um mandado de detenção para cumprimento de pena de prisão e, por isso, detiveram-no e depois conduziram-no para o Estabelecimento Prisional de Elvas.

Reguengos de Monsaraz aderiu ao Movimento Municípios pela Paz

 
O executivo municipal aprovou por unanimidade na reunião de câmara de 15 de Maio a adesão da autarquia ao Movimento Municípios pela Paz e, por inerência, aos "10 Compromissos pela Paz". A autarquia pretende desenvolver a actividade municipal no âmbito da promoção da paz nas áreas da educação, da cultura e do desporto.

O Movimento Municípios pela Paz foi criado no âmbito de uma iniciativa conjunta da autarquia do Seixal e do Conselho Português para a Paz e Cooperação, tendo os municípios fundadores definido um conjunto de compromissos pela paz. Ficou assim decidido promover um calendário de eventos públicos que assinalem o Dia Internacional da Paz (21 de Setembro), o Dia Internacional para a Abolição Total das Armas Nucleares (26 de Setembro), os bombardeamentos nucleares de Hiroxima e Nagasáqui (6 e 9 de Agosto) e o Dia Internacional do Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz (6 de Abril).

O Município de Reguengos de Monsaraz tem como uma das principais prioridades a defesa dos direitos fundamentais da sua população, fomentando a elevação do seu nível cultural e a eliminação das desigualdades e de todo o tipo de violência. A autarquia considera também que é muito importante promover o intercâmbio de experiências e a promoção de iniciativas convergentes com outros municípios e entidades que integram o movimento.

Nos compromissos assumidos reconhece-se que a paz é essencial à vida humana e uma condição indispensável para o progresso, o bem-estar, a democracia, a liberdade dos povos e para um mundo melhor para toda a humanidade. O movimento considera igualmente que a defesa do espírito e dos princípios da Carta das Nações Unidas e da Constituição da República Portuguesa são a base fundamental para promover a liberdade, a democracia, o fim das guerras, a conquista da paz, a afirmação da soberania e independência nacionais, o desenvolvimento de relações internacionais equitativas e pacíficas e uma política de amizade e cooperação com todos os povos do mundo.

BEJA: Identificados 10 estrangeiros "irregulares" em Portugal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) identificou em Beja, 10 cidadãos estrangeiros a trabalharem sem autorização em Portugal e notificou cinco deles para abandonarem o espaço Schengen no espaço de 20 dias.

Segundo o SEF, os 10 cidadãos "irregulares" em Portugal fazem parte de um grupo de 16 estrangeiros que o SEF identificou numa operação que efectuou na propriedade agrícola Horta dos Frades, em Beja.

A operação teve como objectivo controlar e fiscalizar a permanência e as actividades de cidadãos estrangeiros na propriedade, onde se desenvolviam trabalhos relacionados com a olivicultura.

Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´