PORTALEGRE: Polícias agredidos enquanto tentam por termo a desordem

Avaliação: / 0
FracoBom 
 
Dois polícias da Esquadra de Competência Territorial de Portalegre foram alvo de várias agressões, ao tentar pôr cobro a uma desordem ocorrida esta quinta-feira, dia 14 de Janeiro, por volta das 22.50 horas, num bar da cidade de Portalegre. Os polícias, depois de terem sido agredidos com vários socos e pontapés, tiveram necessidade de receber tratamento hospitalar, não carecendo, no entanto, de internamento.

De acordo o Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública (PSP), e no seguimento de denúncia apresentada por populares, de que haveria um grupo de quatro homens a provocar distúrbios e a trocar agressões entre si, uma patrulha deslocou-se imediatamente para o local, confirmando a veracidade dos factos denunciados.
 
No exterior do estabelecimento em questão, ao tentar acalmar os ânimos, restabelecer a ordem pública, separar e identificar os agressores, um dos polícias presentes é empurrado e agredido a soco e pontapé pelos indivíduos referidos. Igual sorte tem um colega seu quando lhe tenta prestar auxílio. Não obstante as agressões de que foram alvo, os dois polícias em questão, com a ajuda de outros da Esquadra de Investigação Criminal que, entretanto, se deslocaram para o local, lograram mesmo efectuar a detenção de três dos quatro agressores.
 
O quarto suspeito não foi possível ser detido na altura dos factos, por ter conseguido colocar-se em fuga para parte incerta. No entanto, estão já em curso diligências para o localizar e proceder à sua identificação.

Os detidos, de idades compreendidas entre os 18 e os 21 anos de idade, foram conduzidos ao Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre para realização do 1.º interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.