Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária

Hotéis Vila Galé lançam planos mensais para usufruir de massagens e piscinas interiores desde 59 euros


 
Os Satsanga Spa e Wellness dos hotéis Vila Galé dispõem agora de novos planos mensais que permitem usufruir de massagens, ir ao ginásio e ter acesso à piscina interior e outros equipamentos, com mensalidades desde 59 euros por pessoa.

Existem três planos, cada um com as opções basic e premium:
- Satsanga Spa: existente nos spas de todos os hotéis Vila Galé (exceto Vila Galé Porto Ribeira), inclui dois acessos por semana ao circuito de águas – piscinas interior e de hidromassagem, sauna e banho turco. E ainda uma ou duas massagens por mês, consoante se tenha a modalidade basic ou premium. Os preços por pessoa são de 59 euros e 89 euros, respetivamente.

- Satsanga Wellness: com este plano, pode usufruir-se de dois acessos por semana ao circuito de águas e ao ginásio dos hotéis Vila Galé Ópera (Lisboa), Vila Galé Sintra, Vila Galé Albacora (Tavira) e Vila Galé Tavira. E de uma ou duas massagens por mês. O preço por membro é de 69 euros para a modalidade basic e de 99 euros na premium.

- Satsanga Fitness: neste plano apenas para utilização dos ginásios, o pacote basic permite dois acessos por semana e o premium inclui a utilização diária. Está disponível nos hotéis Vila Galé Ópera (Lisboa), Vila Galé Sintra, Vila Galé Albacora (Tavira) e Vila Galé Tavira, com preços por membro de 49 euros ou 59 euros, dependendo da opção escolhida.

Há reduções nas mensalidades caso se faça duas ou três adesões em simultâneo.

A adesão a estes programas oferece ainda outras condições especiais como estacionamento gratuito, 20% de desconto noutros serviços dos Satsanga Spa e Wellness e 10% de desconto em alojamento, restaurantes e bares da Vila Galé.

Reguengos de Monsaraz recebe Encontro Nacional das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens


 
O Encontro Nacional de Avaliação da Atividade das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens vai decorrer de 22 a 24 de junho no Pavilhão Multiusos do Parque de Feiras de Reguengos de Monsaraz. O encontro tem como tema “Ser criança em tempos de mudança” e é organizado pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, em articulação com a Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz e com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do concelho.

Para este evento está convidada a Procuradora Geral da República, Lucília Gago, a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, e a Ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro. Durante os três dias são esperadas mais de 500 pessoas, nomeadamente membros das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens de todo o país, docentes do ensino superior e investigadores na área da infância e da juventude, magistrados judiciais e do ministério público, psicólogos, assistentes sociais, sociólogos, educadores e professores, médicos, enfermeiros, terapeutas, entre outros.

Este encontro anual visa avaliar o trabalho realizado no ano anterior pelas Comissões de Proteção de Crianças e Jovens. Para além de integrar a apresentação sumária da atividade, será abordado o tema do encontro sob várias perspetivas com a participação dos especialistas.

O Encontro Nacional de Avaliação da Atividade das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens terá também espetáculos musicais, de dança e de outras expressões artísticas. No encontro vão estar diariamente várias centenas de pessoas que vão contribuir para a dinamização da economia local, principalmente da hotelaria, da restauração e do comércio, mas que terão também a oportunidade de visitar o concelho de Reguengos de Monsaraz e conhecer as suas potencialidades turísticas, como a vila medieval de Monsaraz, o Centro Oleiro de São Pedro do Corval, a praia fluvial de Monsaraz, o megalitismo e os produtores de vinho e os seus enoturismos.

CAMPO MAIOR: GNR detém casal por furto de metais não preciosos


 
A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve em Campo Maior, um homem e uma mulher de 64 e 66 anos, respetivamente, pelo crime de furto de metais não preciosos, em Campo Maior.

De acordo com o Comando Territorial de Portalegre da GNR, na sequência de uma denúncia que os suspeitos se encontravam introduzidos num centro de armazenamento de resíduos, os militares da Guarda de imediato se deslocaram ao local, onde surpreenderam em flagrante os autores do furto a subtrair diversos materiais ferrosos, nomeadamente um frigorífico, uma caldeira e outros materiais avulsos e em metal, sem qualquer tipo de autorização.

Foi possível apurar-se ainda que os suspeitos entraram no interior do edifício através do corte da vedação, local por onde retiraram os objetos e os carregaram no seu veículo.

O material foi apreendido e os detidos foram constituídos arguidos, tendo os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Elvas.
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´