Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária

PONTE DE SÔR: Dynaero Ibérica vai readmitir funcionários por despedimento ilegal

A empresa Dynaero Ibérica tinha despedido 15 funcionários, mas vai ter que os readmitir já que o despedimento foi considerado ilegal.

No entanto, a fábrica de componentes de aviões ligeiros instalada em Ponte de Sôr, no distrito de Portalegre, continua em dificuldades, apesar de ter ordem para reabrir a 3 de Janeiro.

Alegando falta de encomendas, a Dynaero Ibérica entrou em suspensão parcial de trabalho no último Verão, foi declarada insolvente e a carta de despedimento chegou há dias a quase metade dos seus 48 trabalhadores.

Não foi possível contactar a Dynaero Ibérica, que estará por estes dias encerrada para férias. Para já, os trabalhadores que foram ilegalmente despedidos ganharam, pelo menos, o subsídio de férias e o subsídio de Natal.

BASQUETEBOL: Mau domingo para as equipas do CEN

Não foi um bom domingo para as equipas de basquetebol do Clube Elvense de Natação (CEN). Os mini-12 e as sub-14 deslocaram-se a Ponte de Sor, onde foram derrotados pelo Eléctrico. Já os sub-16 receberam o Atlético de Reguengos, tendo sido igualmente vencidos. Resultados: Eléctrico - 39, CEN - 14 (mini-12); Eléctrico - 81, CEN - 25 (sub-14) e CEN - 47, Atlético de Reguengos - 76 (sub-16).  

Mais informações em www.cen-basquetebol.com

GNR continua a procurar homem desaparecido na albufeira do Maranhão

A GNR contínua a fazer patrulhamento nas imediações da albufeira do Maranhão, em Avis (Portalegre), onde a viatura do homem desaparecido foi encontrada, mas ainda não há nenhum dado em concreto, adiantou o major Carvalho, relações públicas da GNR de Portalegre.

"Estamos a fazer vigilância, uma vez que os mergulhadores já terminaram as operações”. O alerta para o desaparecimento foi dado às autoridades ao final do dia 14 deste mês, pela mulher do homem, trabalhador agrícola na região.

As autoridades iniciaram, de imediato, à investigação no local onde estava estacionada a viatura do desaparecido, próximo da albufeira, e isolou a área.

Durante vários dias, foram efectuadas buscas para encontrar o homem desaparecido, mas as várias diligências revelaram-se infrutíferas.

De acordo com o major Carvalho, uma semana depois, continua a não haver pistas sobre o paradeiro do homem desaparecido.

Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´